Triângulo da consciência

Falando de mim, sou um das bases do triângulo, reclamo de tudo, mesmo sem perceber, e quando fico em silêncio, percebo o quão tóxico sou, as vezes a boca fala, e quando escuto percebo quanta maldade tem no que falei, ou diminuindo alguém, ou invalidando determinado comportamento. Sempre presente, tirando o aprendizado do silêncio, e tentando não me identificar com o pensamento/opinião.

Funciona sim, escolher com quem anda, isso faz toda diferença, mas pra frente falarei da flor da vida, que cabe muito bem aqui. Só de não ter pessoas que te denigrem, ou que fazem comentário maliciosos já existe melhora. Que seja para andar sozinho a mal acompanhado, atente para o seu redor.

Mesmo sozinho, dependendo de como alguns comportamentos estão enraizados, você pode demorar a notar que até seu pensamento se manifesta negativamente, é o que chamam de PENA – Pensamentos Negativos Automáticos. Para acabar com isso é não identificação ou pensar algo oposto extremamente otimista e se manter firme nele, não importa o quanto sua mente justificar, o negativo vai se enfraquecendo, mas é rotina, dia-a-dia, até conseguir controlar seus pensamentos.

Não falo de mim, tenho até vergonha de falar sobre minhas qualidades. As pessoas ao redor vêem, mas eu mesmo não vejo, quando alguém me elogia me sinto envergonhado, e justifico não sendo meu mérito.