Rotina

Estava ouvindo Kendrick Lamar – tinha bastante preconceito com ele, não escutava porque pra mim não parecia encaixar a letra com a harmonia da música – ouvindo o álbum DAMN. Em uma das músicas (LUST) ele fala sobre um rotina de “merda”, e em algum determinado ponto ele diz, peraí, eu quero que valha a pena. Então ele muda as atitudes que ele toma no dia. Então sai do looping infinito (infernal).

Se pra ele funcionou, para você também vai funcionar, a diferença dele pra você é nenhuma, acredite nisso. Nenhum ser humano é especial (ele treina, acredita, e faz), não é diferente pra você. Você vê o palco do cara, mas no final das contas, tem um grande backstage antes. Teve pessoas mais orientadas o ajudando. Então quando pensar, ah aquele cara é foda, jamais seria igual ele. Mentira, você seria se quisesse e acreditasse nisso, treinasse pra isso. Tem pessoas que mostram 5 minutos de habilidades, mas treinaram 12 horas por dia, durante a vida inteira de 30. E você que nunca pegou uma raquete na mão quer ser igual ao guga. Entende?